Imbricação entre “popular” e modernidade: um projeto biográfico-musical de Claudio Santoro no período entre 1947 e 1957

Cesar Maia Buscacio, Virgínia Albuquerque de Castro Buarque

Resumo


A produção musical de Claudio Santoro entre 1947 e 1957, período em que empreendeu quatro viagens ao Leste Europeu e a países então integrantes da União Soviética, é geralmente vinculada pela musicologia à temática nacionalista-popular, em afinidade com a vertente preponderante no lado oriental da Cortina de Ferro, conhecida como “realismo socialista”. Não obstante, propomos uma reflexão, neste artigo, de como a escrita epistolar e autobiográfica de Santoro, de forma articulada a algumas de suas peças musicais, sem desconsiderar esse vínculo estético-ideológico, promovia uma tripla imbricação: a reiteração de elementos de cunho neoclássico; a inserção de expressões musicais associadas a grupos subalternizados no Brasil (batuques, frevos etc.), em remissão à ótica do exótico e/ou folclórico; a concomitância de sonoridades do cotidiano urbano e industrial em suas trilhas sonoras para produções cinematográficas. Dessa forma, considera-se que Claudio Santoro se apresenta como um compositor de importante singularidade, pois, por meio dele, mostra-se possível interpretar as possibilidades combinatórias da música, por vezes bastante inusitadas e performativas em sua relação com a cultura, a história e os percursos biográficos. Para proceder tal análise, neste artigo recorremos às cartas enviadas por Claudio Santoro à musicista Nadia Boulanger e ao compositor Louis Saguer, arquivadas na Biblioteca Nacional da França, juntamente com extratos de sua inédita autobiografia gravada nos anos 1980 e de entrevista por ele concedida na década de 1970, estando estes dois últimos registros sob a guarda da família de Santoro.

Palavras-chave


Claudio Santoro; realismo socialista; nacionalismo musical; modernidade; epistolário.

Texto completo:

PDF

Referências


AMBROGI, Lucas Dias Martinez. Tensões sonoras: embates entre dois discursos sobre o nacionalismo musical no Brasil - Mário de Andrade e o grupo Música Viva (1920 – 1950). Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História Social, Universidade Estadual de Londrina, Londrina,2012.

ARAGÃO, Thaís Amorim. Doce som urbano: o triângulo e as territorializações dos vendedores de chegadinho em Fortaleza. Dissertação (Mestrado em Arquitetura). Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa, Difel, [s.d.].

CONTIER, Arnaldo. Utopia, música e história. Koellreutter e jdanovismo no Brasil. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA: HISTÓRIA E UTOPIAS, 17., São Paulo, 1996. Anais..., São Paulo: 1996. p. 203-215. Disponível em: . Acesso em: 11 abr. 2017.

DURÃES, Josye. Ideologias cruzadas na produção musical de Cláudio Santoro. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA, 15., 2005, Rio de Janeiro. Anais.... Rio de Janeiro, 2005. p. 208-215. Disponível em: . Acesso em: 11 abr. 2017.

FRUNGILLO, Mário David.Nacionalismo musical e brasilidade: uma revisão. Tese (Doutorado em Música). Programa de Pós-Graduação em Música do Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP, São Paulo, 2014.

GOMES, Mariana Costa. Mediação música e sociedade: uma análise das perspectivas ideológicas e estéticas de Claudio Santoro, a partir de sua correspondência pessoal. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade de Brasília (UnB), Brasília, 2007.

GORENDER, Jacob. Entrevista [por Waldir José Rampinelli]. O PCB e sua atuação nos anos 50: Waldir José Rampinelli entrevista Jacob Gorender. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 23, n. 45, p. 303-309, jul. 2003.

HARTMANN SOBRINHO, Ernesto Frederico. Estética musical e realismo socialista em obras nacionalistas para piano de Claudio Santoro: janelas hermenêuticas. Tese (Doutorado em Música). Centro de Letras e Artes, UNIRIO, Rio de Janeiro, 2010.

KOELLREUTTER, Hans J. Entrevista a Jeanette Alimonda. [s.d.]. Gravação em áudio.

MENDES, Sergio Nogueira. Claudio Santoro e a expressão musical ideológica. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, 1999.

______. O percurso estilístico de Cláudio Santoro: roteiros divergentes e conjunção final. Tese (Doutorado em Música). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

MONTEIRO, Marianna F. M.; DIAS, Paulo. Os fios da trama: grandes temas da música popular tradicional brasileira. Estudos Avançados, v. 24, n. 69, p. 349-371, 2010.

NAPOLITANO, Marcos. Esquerdas, política e cultura no Brasil (1950-1970): um balanço historiográfico. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, n. 58, p. 35-50, jun. 2014

______. Arte e revolução. Entre o artesanato dos sonhos e a engenharia das almas (1917-1968). Revista de Sociologia e Política, n. 8, p. 7-20, 1997.

______. As interferências do real no melodrama musical de esquerda: uma análise do filme Agulha no Palheiro (Alex Viany, 1953). In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA – ANPUH, 26., São Paulo. Anais... São Paulo, 2011. p. 1-12. Disponível em: . Acesso em 17 maio 2011.

______. Suicidas e foliões: chanchada, carnavalização e realismo no filme Tudo azul, de Moacyr Fenelon (1951). Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 26, n. 51, p. 133-153, jun. 2013.

NOBRE, Iziane Silvestre. A práxis educativa revolucionária na transição: o caso russo. In: JORNADA DO HISTEDBR, 12. E SEMINÁRIO DE DEZEMBRO, Caxias, 2014. Anais..., Caxias: 2014. p. 1-15. Disponível em: . Acesso em: 11 abr. 2017.

NOGUEIRA, Sérgio. Claudio Santoro e a expressão musical ideológica. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1999.

SANTORO, Maria Carlota Braga. Diário de Viagem, 1954-1955. Mimeo.

______. Resgatando Memórias de Cláudio Santoro. Rio de Janeiro: Barroso Edições, 2002.

SANTORO, Claudio. Problemas da música contemporânea brasileira em face das resoluções e apelo do Congresso de Praga. Fundamentos - Revista de Cultura Moderna, São Paulo, v.2, n.3, p. 233-240, ago. 1948.

______. Carta a Louis Saguer, 10 out. 1948a. Tarascon, Bouches-du-Rhône, França. Biblioteca Nacional Da França, código NLA248b. 2 p.

______. Carta a Louis Saguer, 30 maio 1949. Cruzeiro, SP, Brasil. Biblioteca Nacional da França, código NLA248. 1 p.

______. Carta a Louis Saguer, 22 mar. 1952. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Biblioteca Nacional da França, código NLA248. 2 p.

______. Carta a Nadia Boulanger, 10 out. 1957. Sofia, Bulgária. Biblioteca Nacional da França, código NLA103. 4 p.

______. Entrevista concedida a José Maria Neves em 29 maio 1975. Gravação em áudio, transcrita por Cesar Buscacio em nov. 2016.

SILVA, Flávio (Org.). Camargo Guarnieri: o tempo e a música. Rio de Janeiro: Funarte; São Paulo: Imprensa Oficial, 2001.

SILVA, Marcos. Cinema e sociedade no Brasil dos anos 50. (Agulha no palheiro). In: ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA: PODER, VIOLÊNCIA E EXCLUSÃO, 19., São Paulo, 2008. Anais..., São Paulo: 2008. Disponível em: . Acesso em: 14 maio 2017.

SILVA, Michelle Lauria. As sonatas para violino e piano de Cláudio Santoro: aspectos técnico-violinísticos e estilísticos. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2005.

SOARES, Teresinha Rodrigues Prada. A utopia no horizonte da música nova. Tese (Doutorado em História). Programa de Pós-Graduação em História,Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

SOUZA, Iracele A. Vera Líbero de. Santoro: uma história em miniaturas. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

TONI, Flavia Camargo. Biografia, autobiografia e processos de criação no arquivo de Camargo Guarnieri. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA, 17., 2007, São Paulo. Anais.... São Paulo, 2007. p. 1-8. São Paulo, 2007.

VIANA, Abner. A produção camerística para clarineta da década de 40 de Claudio Santoro. Dissertação (Mestrado em Letras e Artes). Programa de Pós-Graduação em Letras e Artes, Universidade do Estado do Amazonas/Escola Superior de Arte e Turismo, Manaus, 2013.

VIEIRA, Alice Martins Belém. Diálogos de Cláudio Santoro com a produção musical contemporânea: um estudo a partir de correspondências do compositor e da análise musical de obras para piano. Tese (Doutorado em Artes). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

ZHDANOV, Andrei. A tendência ideológica da música soviética. Discurso pronunciado em nome do Comitê Central do Partido Comunista da URSS, durante a discussão sobre a música soviética. Revista Mensal de Cultura Política, n. 21, out. 1949. Transcrição de Fernando A. S. Araújo. Disponível em: . Acesso em: 18 out 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.20504/opus2017c2307

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 OPUS - Revista Eletrônica da ANPPOM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 
OPUS - Revista Eletrônica da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM)
ISSN 0103-7412 (versão impressa, 1989-2008), ISSN 1517-7017 (versão online, 2009- )