Educação musical e etnomusicologia: lentes interpretativas para a compreensão da formação musical na cultura popular

Luis Ricardo Silva Queiroz, Vanildo Mousinho Marinho

Resumo


Este trabalho apresenta resultados de uma pesquisa realizada no contexto da embolada da Paraíba entre os anos de 2003 e 2015. A embolada é um gênero poético-musical característico do Nordeste brasileiro, que tem grande recorrência na cultura popular paraibana. Considerando esse contexto cultural, este artigo discute, analisa e reflete sobre sujeitos, concepções, processos, situações, conhecimentos e saberes que configuram a formação musical na embolada da Paraíba. O trabalho é fundamentado em perspectivas epistemológicas da educação musical e da etnomusicologia, tendo como suporte metodológico uma pesquisa etnográfica que possibilitou uma inserção intensa no mundo da embolada e dos emboladores. Os resultados da pesquisa evidenciaram singularidades da formação musical nesse contexto, demonstrando que sua caracterização define elementos fundamentais da performance musical nessa cultura. Elementos que, compartilhados e transmitidos pelos emboladores, mantêm a embolada viva, dinâmica e em plena atividade na contemporaneidade.

Palavras-chave


Educação musical e etnomusicologia. Transmissão musical. Formação em música. Embolada. Cultura popular.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Mário de. Os cocos. Introdução e notas de Oneyda Alvarenga. 2. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 2002. (Coleção Reconquista do Brasil, 2ª série, 228). Edição comemorativa dos 80 anos da Semana de Arte Moderna.

ARROYO, Margarete. Representações sociais sobre práticas de ensino e aprendizagem musical: um estudo etnográfico entre congadeiros, professores e estudantes de música. 1999. Tese (Doutorado em Música). Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1999.

BARZ, Gregory; COOLEY, Timothy J. (Ed.). Shadows in the Field: New Perspectives for Fieldwork in Ethnomusicology. 2. ed. New York: Oxford University Press, 2008.

BÉHAGUE, Gerard. Performance Practice: Ethnomusicological Perspectives. Westport: Greenwood Press, 1984.

BLACKING, John. Venda Children’s Songs: A Study in Ethnomusicological Analysis. Johannesburg: Witwatersrand University Press, 1967.

______. How Musical is Man? London: University of Washington Press, 1973.

______. Music, Culture, and Experience. In: BYRON, Reginald (Ed). Music, Culture, and Experience: Selected Papers of John Blacking. London: The University of Chicago Press, 1995a. p. 223-242.

______. The Problem of Music Description. In: BYRON, Reginald (Ed). Music, Culture, and Experience: Selected Papers of John Blacking. London: The University of Chicago Press, 1995b. p. 54-72.

BRESLER, Liora. Ethnography, Phenomenology and Action Research in Music Education. Visions of Research in Music Education, Princeton, v. 8, n. 1, 2006. Disponível em: . Acesso em: 8 set. 2010.

CACHIMBINHO (Tomás Cavalcanti da Silva). Entrevistado por Marcos Ayala, Henrique Sampaio e Vanildo Mousinho Marinho. Areia-PB, 30 mar. 2003. Gravação em duas fitas cassete.

______. Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. João Pessoa-PB, 17 fev. 2006. Gravação em MD.

CAMPBELL, Patricia Shehan. Ethnomusicology and Music Education: Crossroads for Knowing Music, Education, and Culture, Research Studies in Music Education, n. 21, p. 16-30, 2003.

______. Etnomusicología y educación musical: punto de encuentro entre música, educación y cultura. RIEM: Revista Internacional de Educação Musical, n. 1, p. 42-52, 2013. Disponível em: . Acesso em: 14 ago. 2017.

COOK, Nicholas. We are all (Ethno)musicologists Now. In: SOBART, Henry (Ed.). The New (Ethno)musicologies. Lanham, MD: Scarecrow Press, 2008. p. 48-70.

CURIÓ DE BELA ROSA (Armando Avelino Menezes). Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. Fazenda Bela Rosa, Pedras de Fogo-PB, 17 fev. 2006. Gravação em MD.

EDWARDS, Paul. How to Rap: The Art and Science of the Hip-Hop MC. Chicago: Chicago Review Press, 2009.

GATIEN, Greg. Categories and Music Transmission. Action, Criticism, and Theory for Music Education, v. 8, n. 2, p. 94-119, 2009. Disponível em: . Acesso em: 14 ago. 2017.

GERALDO MOUZINHO (Geraldo Jorge Mouzinho). Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. Sítio Roncador, Jacaraú-PB, 28 jan. 2006. Gravação em MD.

______. Informação verbal a Vanildo Mousinho Marinho. João Pessoa, 27 set. 2012.

GREEN, Lucy. Poderão os professores aprender com os músicos populares? Música, Psicologia e Educação, n. 2, p. 65-79, 2000. Disponível em: . Acesso em: 14 ago. 2017.

______. How Popular Musician Learn: A Way Ahead for Music Education. London: Ashgate Publishing Limited, 2001.

KUNST, Jaap. Musicologica: A Study of the Nature of Ethno-Musicology, its Problems, Methods and Representative Personalities. Amsterdam: Koninklijke Vereening Indisch Institut – Mededelling 90, 1950.

______. Ehtno-musicology: A Study of the Nature of Ethno-Musicology, its Problems, Methods and Representative Personalities. The Hague: M. Nijhoff, 1955.

______. Ethnomusicology: A Study of the Nature of Ethno-Musicology, its Problems, Methods and Representative Personalities. 2. ed. The Hague: M. Nijhoff, 1959.

LAVANDEIRA DO NORTE (José Maria Gomes de Arruda). Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. Ingá-PB, 7 mar. 2006. Gravação em MD.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos, para quê? 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

LINDALVA (Lindalva Dantas Lucena). Entrevistada por Vanildo Mousinho Marinho. Várzea Nova (Distrito), Santa Rita-PB, 22 fev. 2006. Gravação em MD.

LUA NOVA (João Vital da Silva). Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. Campina Grande-PB, 22 fev. 2006. Gravação em MD.

LUCAS, Glaura et al. Culturas musicais afro-brasileiras: perspectivas para concepções e práticas educacionais em música. In.: LÜHNING, Angela; TUGNY, Rosângela Pereira de (Org.). Etnomusicologia no Brasil. Salvador: EDUFBA, 2016. p. 167-194.

LUCAS, Maria Elizabeth et al. Entre congadeiros e sambistas: etnopedagogias musicais em contextos populares de tradição afro-brasiliera. Revista da FUNDARTE, Montenegro, n. 3, p. 4-20, 2003.

MARINHO, Vanildo Mousinho. Performance musical da embolada na Paraíba. Tese (Doutorado em música - Área de concentração: Etnomusicologia). Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2016.

MARINHO, Vanildo Mousinho; QUEIROZ, Luis Ricardo Silva. Diário de campo: transmissão musical na embolada da Paraíba, 2003-2015. João Pessoa, 2015.

MERRIAM, Alan P. The Anthropology of Music. Evanston: Northwester University Press, 1964.

MYERS, Helen (Ed.). Ethnomusicology: An Introduction. New York: W.W. Norton e Company, 1992.

NETTL, Bruno. Ethnomusicology and the Teaching of World Music. In: LEES, Heath. Music Education: Sharing Musics of the World. Seul: ISME, 1992. p. 3-8.

______. Music Education and Ethnomusicology: A (Usually) Harmonious Relationship. Min-Ad: Israel Studies in Musicology Online, Ramat-Gan, Israel, v. 8, n. 1, p. 1-9, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2016.

NETTL, Bruno et al. Excursion in World Music. 2. ed. New Jersey: Prentice Hall, 1997.

OMOLO-ONGATI, Rose A. Prospects and Challenges of Teaching and Learning Musics of the World’s Cultures: An African Perspective. Revista da ABEM, Porto Alegre, v. 21, p. 7-14, 2009.

PRASS, Luciana. Saberes musicais em uma bateria de escola de samba. Porto Alegre: FAURGS, 2004.

QUEIROZ, Luis Ricardo Silva. Performance musical nos Ternos de Catopês de Montes Claros. Tese (Doutorado em Música – Área de concentração: Etnomusicologia). Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2005.

______. Educação musical e etnomusicologia: caminhos, fronteiras e diálogos. Opus, Goiânia, v. 16, n. 2, p. 113-130, 2010.

______. Escola, cultura, diversidade e educação musical. InterMeio: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação, Campo Grande, v. 19, n. 37, p. 95-124, 2013.

QUEIROZ, Luis Ricardo Silva; FIGUEIRÊDO, Anne Raelly Pereira de. Práticas musicais urbanas: dimensões do contexto sociocultural de João Pessoa. Ictus, n. 7, p. 75-86, 2006.

SAUTCHUK, João Miguel Manzolillo. A poética do improviso: prática e habilidade no repente nordestino. Tese (Doutorado em Antropologia). Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília, Brasília, 2009.

SEEGER, Anthony. Por que cantam os Kisêdjê. São Paulo: Cosac Nayf, 2015.

STEIN, Marilia Raquel Albornoz. Oficinas de música: uma etnografia de processos de ensino e aprendizagem musical em bairros populares de Porto Alegre. Dissertação (Mestrado em Música – área de concentração: Educação Musical). Programa de Pós-Graduação em Música, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1998.

TOINHO DA MULATINHA (Antônio Patrício de Souza). Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. Campina Grande-PB, 22 fev. 2006. Gravação em MD.

TURINO, Thomas. Music as Social Life: The Politics of Participation. Chicago: University of Chicago Press, 2008a.

______. Music in the Andes: Experiencing Music, Expressing Culture. New York, Oxford: Oxford University Press, 2008b.

______. Nationalists, Cosmopolitans, and Popular Music in Zimbabwe. Chicago: University of Chicago Press, 2008c.

______. Moving Away from Silence: Music of the Peruvian Altiplano and the Experience of Urban Migration. Chicago: University of Chicago Press, 2010.

ZEZINHO BATISTA (José Barbosa do Nascimento). Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. Mamanguape-PB, 20 fev. 2006. Gravação em MD.

ZEZINHO DA BORBOREMA (José Cosmo Ferreira). Entrevistado por Vanildo Mousinho Marinho. Guarabira-PB, 24 fev. 2006. Gravação em MD.




DOI: http://dx.doi.org/10.20504/opus2017b2303

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 OPUS - Revista Eletrônica da ANPPOM

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 
OPUS - Revista Eletrônica da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM)
ISSN 0103-7412 (versão impressa, 1989-2008), ISSN 1517-7017 (versão online, 2009- )