A revisão notacional da Sequenza I para flauta solo de Berio e suas implicações interpretativas

Maria Di Cavalcanti, Liduino Pitombeira

Resumo


Luciano Berio escreveu, entre 1958 e 1996, treze peças para diferentes
instrumentos solistas, cada uma delas intitulada Sequenza, onde um dos propósitos era criar, particularmente nos instrumentos monofônicos, um modo polifônico de ouvir, através de uma sugestão de contraponto implícito. Examinaremos, neste artigo, as diferenças entre a edição original, de 1958, e a nova edição, de 1992, de Sequenza I, para flauta solo, especialmente com relação aos aspectos rítmicos, andamento e proporcionalidade, e suas implicações
interpretativas.


Palavras-chave


Berio; <i>Sequenza I</i>; notação proporcional.

Texto completo:

PDF

Referências


BERIO, Luciano. Sequenza per Flauto Solo. Milan: Edizioni Suvini Zerboni/No. 5531, 1958.

______. Sequenza per Flauto Solo. Vienna: Universal Editions/No. 19 957, 1992.

______. Two Interviews with Rossana Dalmonte and Bálint András Varga. Translated and Edited by David Osmond-Smith. New York: Marion Boyars, 1985.

BLOOD, Brian. Music Theory Online: Notes & Rests. Acessado em 8 de Dezembro de 2005. Disponível em .

FOLIO, Cynthia. Luciano Berio’s Revision of Sequenza for Flute: A New Look and a New Sound? The Flutist Quarterly, v. 21, p. 43-50, Winter 1995-96.

______. Luciano Berio’s Sequenza for Flute: A Performance Analysis. The Flutist Quarterly, v. 15/4, p. 18-21, Fall 1990.

______; BRINKMAN, Alex. Rhythm and Timing in the Two Versions of Berio’s Sequenza I for Flute Solo: Psychological and Musical Differences in Performance. Trabalho apresentado no Encontro Anual da Music Theory Society of New York, 9-10 Abr 2005.

KEMLER, Katherine. Entrevista com Maria Di Cavalcanti, 02 December 2005.

MULLER, Theo. Music is not a solitary act: conversation with Luciano Berio. Tempo n. 199, p. 16-20, 1997.

OSMOND-SMITH, David. Berio. New York: Oxford University Press, 1991.

SCHAUB, Gale. Transformational Process, Harmonic Fields, and Pitch Hierarchy in Luciano Berio’s Sequenza I through Sequenza X. Los Angeles, 1989. Tese (Doutorado em Música) – University of Southern California.

WEISSER, Benedict. Notational Practice in Contemporary Music: A Critique of Three Compositional Models (Luciano Berio, John Cage, and Brian Ferneyhough). New York, 1998. Tese (Doutorado em Música) – City University of New York.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



 
OPUS - Revista Eletrônica da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM)
ISSN 0103-7412 (versão impressa, 1989-2008), ISSN 1517-7017 (versão online, 2009- )