Desafios para a implementação metodológica de pesquisa em larga escala na educação musical

Sérgio Figueiredo, José Soares

Resumo


O presente trabalho analisa o processo de implementação da metodologia adotada na pesquisa intitulada “A formação do professor de música no Brasil”, desenvolvida pelo Grupo de Pesquisa MusE – Música e Educação, sediado na Universidade do Estado de Santa Catarina, UDESC. Versa sobre os principais desafios enfrentados, que se referem a: (1) taxa de retorno dos instrumentos de coleta de dados; (2) estabelecimento de uma amostragem representativa da população e (3) questões éticas como anonimato e reciprocidade. O objetivo desta pesquisa é contribuir para o debate e a possibilidade de aperfeiçoamento dos mecanismos que informam sobre a formação de professores de música no Brasil. 


Palavras-chave


Formação de professores; Educação musical; Metodologia da pesquisa em educação musical; Observatório da Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, C. Diversidade e formação de professores de música. Revista da ABEM, Porto Alegre, v. 24, p. 45-53, set. 2010.

AZEVEDO, M.C.; ARAÚJO, R.; HENTSCHKE, L. A natureza dos saberes profissionais de professores de música: dois relatos de pesquisa em educação musical. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM MÚSICA, 16, 2006, Brasília. Anais... Brasília: ANPPOM, 2006, p. 87-90. Disponível em: . Acesso em: 29/09/2012.

BRASIL. Capes. Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica - Parfor. Brasília: CAPES, 2009. Disponível em: . Acesso em: 05/04/2012.

BRASIL. Capes. Programa de Consolidação das Licenciaturas - Prodocência. Brasília: CAPES, 2011. Disponível em: . Acesso em: 02/09/2011.

BRASIL. Observatório da Educação. Edital 01/2008. Brasília: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, 2008. Disponível em: . Acesso em: 05/04/2012.

BRASIL. Portaria n. 119, de 9 de junho de 2010. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 10 jun. 2010a. Seção 1, p. 13.

BRASIL. Decreto n. 7219 de 24/06/2010: Dispõe sobre o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID e dá outras providências. Brasília: Presidência da República, 2010b.

BROWN, Andrew; DOWLING, Paul. Doing Research/Reading Research: A mode of interrogation for education. 2. ed. London, New York: Routledge Falmer, 2001.

CADASTRO das Instituições de Educação Superior. [s.d.]. Disponível em:

. Acesso em: abr. 2012.

COHEN, Louis; MANION, Lawrence; MORRISON, Keith. Research Methods in Education. 5. ed. London; New York: Routledge Falmer, 2000.

CRESWELL, John W. Research Design: Qualitative, Quantitative and Mixed Methods Approaches. 2. ed. London: SAGE Publications, 2003.

DEL BEN, L. Formar o professor/formar-se professor: ideias de licenciandos para pensar a licenciatura em música. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA, 20, 2010, Florianópolis. Anais... Florianópolis: ANPPOM, 2010, p. 391-395. Disponível em: . Acesso em: 29/09/2012.

FIGUEIREDO, S. L. F. Perspectives on Music Teaching in Basic Education in Brazil. In: SIMS, Wendy (Ed.). Proceedings of the International Society for Music Education 30th World Conference on Music Education, Thessaloniki, Greece, 2012a, p. 127-132.

Formar professores de música: desafios para a educação brasileira. In: GUIMARAMUS 2012, PROGRAMA E RESUMOS. Guimarães, Portugal: Sociedade Musical de Guimarães/Universidade do Minho, 2012b, p. 32.

FIGUEIREDO, S.; QUEIROZ, L. Educational policies and practices in the preparation of music teachers in Brazil. Beijing: 29th ISME World Conference Full Paper Proceedings, v. 1, 2010, p. 70-73. Disponível em: . Acesso em: 05/04/2012.

FIGUEIREDO, S. L. F; SOARES, J. Questões metodológicas para a pesquisa em educação musical. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE TEORIA E PÓS- GRADUAÇÃO EM MÚSICA, ANPPOM, 22., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa, UFPB, 2012, p. 1936-1943.

__________________.A formação do professor de música no Brasil: Ações do Grupo de Pesquisa MUSE - Música e Educação. In: CONGRESSO DA ABEM, 18 e SIMPÓSIO PARANAENSE DE EDUCAÇÃO MUSICAL, 15, 2009, Londrina. Anais... Londrina: ABEM, 2009, p. 170-178. Disponível em: . Acesso em: 20/01/2012.

___________________.A Formação do Professor de Música no Brasil: Desafios Metodológicos. In: CONGRESSO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MUSICAL, 19, Goiânia. Anais... Goiânia: ABEM, 2010, p. 187-196. Disponível em: Acesso em: 20/01/2012.

FIGUEIREDO, S. L. F.; SOARES, J.; FINCK, R. Becoming a Music Teacher in Brazil.CONFERENCIA REGIONAL PANAMERICANA DE LA SOCIEDAD INTERNACIONAL DE EDUCACIÓN MUSICAL, 1. Villahermosa, México: Universidad Juárez Autónoma de Tabasco, 2011. No prelo.

FOSNOT, C. T. (Ed.). Constructivism: Theory, Perspectives and Practice. New York: Teachers College Press, 1996.

GOSS, L. A formação do professor para a escolar livre de música. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

HOLLINGSWORTH, S. Prior Beliefs and Cognitive Change in Learning to Teach. American Educational Research Journal, n. 26, p. 160-189, 1989.

HOMAN, R. The Ethics of Social Research. London: Longman, 1991.

HYCNER, R.H. Some Guidelines for the Phenomenological Analysis of Interview Data. Human Studies, n. 8, p. 279-303, 1985.

MATEIRO, T. Uma análise de projetos pedagógicos de licenciatura em música. Revista da ABEM, n. 22, p. 57-66, 2009.

__________.Education of Music Teachers: A Study of the Brazilian Higher Education Programs. International Journal of Music Education, v. 29, n. 1, p. 45-71, 2011.

MENDES, G. A formação do professor de instrumento a partir das concepções de alunos e professores do curso de licenciatura em música da UFPB. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

PENNA, M. Educação musical e educação integral: a música no

Programa Mais Educação. Revista da ABEM, v. 19, n. 25, p. 141-152, jan./jun. 2011.

QUEIROZ, L. R. S.; PENNA, M. Políticas públicas para a Educação Básica e suas implicações para o ensino de música. Revista Educação, Santa Maria, v. 37, n. 1, p. 91- 106, jan./abr. 2012.

QUEIROZ, L. R. S.; MARINHO, M. Novas perspectivas para a formação de professores de música: reflexões acerca do Projeto Político Pedagógico da licenciatura em música da Universidade Federal da Paraíba. Revista da ABEM, Porto Alegre, v. 13, p. 83-92, set. 2010.

RICHARDSON, V. (Ed.). Constructivist Teacher Education: Building a World of New Understandings. London: Falmer Press, 1997.

ROBSON, Colin. Real World Research: A Resource for Social Scientists and Practitioner. 2. ed. Malden, Massachusetts: Blackwell, 2002.

TASHAKKORI, A. TEDDLIE, C. Mixed Methodology: Combining Qualitative and Quantitative Approaches. SAGE: Thousand Oaks, 1998.

WIDEEN, M., MAYER-SMITH, J. & MOON, B. A Critical Analysis of the Research on Learning to Teach: Making the Case for an Ecological Perspective on Inquiry. Review of Educational Research, n. 68, p. 130-178, 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



 
OPUS - Revista Eletrônica da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM)
ISSN 0103-7412 (versão impressa, 1989-2008), ISSN 1517-7017 (versão online, 2009- )