Analogias entre textura musical e a montagem no cinema mudo: sintagmas alternantes na obra En blanc et noir de Debussy

Menan Medeiros Duwe, Guilherme Sauerbronn de Barros

Resumo


Exporemos o conceito de sintagma alternante como um importante recurso narrativo cinematográfico, que se caracteriza por um determinado arranjo de quadros na montagem. Na primeira parte do artigo, usaremos esse conceito conforme sugere Rebecca Leydon (2001), para mostrar que situações análogas podem ser identificadas na música do período tardio de Debussy, recorrendo a uma amostra significativa: ocorrências na segunda peça da obra En blanc et noir, através de uma análise textural que se embasa na teorização de Wallace Berry (1987). Essa abordagem analítica nos permitirá discutir, na segunda parte, a possibilidade de estabelecimento de analogias entre a obra de Debussy e o cinema mudo, considerado o período em questão, contrapondo a proposta de Leydon à crítica de Scott Paulin (2010) sobre esse assunto. A discussão apontará para a correlação entre meios artísticos em uma tendência a imitar processos do pensamento no início do século XX. 


Palavras-chave


Sintagmas alternantes; Textura; Analogia; Cinema; <i>En blanc et noir</i>

Texto completo:

PDF

Referências


B ACON, Leonard W oolsey (Ed. ). The Hymns of Martin Luther: Set to their Original Melodies with an English Version. New York: Charles Scribner’s Sons, 1883. Disponível em . Acesso em: 23 nov. 2012.

BELLOUR, Raymond. To Alternate/To Narrate. In: ELSAESSER, Thomas; BARKER, Adam (Ed.). Early cinema: Space, Frame, Narrative. London: British Film Institute, 1990. p. 360-374.

BENEDETTI, Danieli. A produção pianística de Claude Debussy durante a Primeira Guerra Mundial. Dissertação (Mestrado em Música). ECA-USP, São Paulo, 2002.

BERIO, Luciano. Entrevista sobre a música contemporânea. Realizada por Rossana Dalmente. Tradução de Álvaro Lorencini e Letizia Zini Nunes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981.

BERRY, Wallace. Structural Functions in Music. New York: Dover, 1987.

BOTTOMORE, Stephen. Shots in the Dark: The real Origins of Film Editing. In: ELSAESSER, Thomas; BARKER, Adam (Ed.). Early cinema: Space, Frame, Narrative. London: British Film Institute, 1990. p. 104-113.

CHALUPT, René. Claude Debussy. In: Encyclopédie de L’Agora. [s.l.]: [s.n.], [s.d.]. Disponível em: . Acesso em: 11 mai. 2011.

DEBUSSY, Claude. Monsieur Croche e outros ensaios sobre música. Tradução de Raquel Ramalhete. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1989.

En blanc et noir. Paris: Durand, 1915. Partitura.

DUNSBY, Jonathan. The Poetry of Debussy’s En blanc et noir. In: AYREY, Craig; EVERIST, Mark (Ed.). Analytical Strategies and Musical Interpretation. Cambridge: Cambridge University Press, 1996. p. 149-168.

DUWE, M.; BARROS, G. Sintagmas alternantes na textura da obra En Blanc et Noir de Debussy. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM MÚSICA, 22. , 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2012. p. 1583-1590.

___________.A Poética do Conflito na obra para dois pianos En Blanc et Noir de Claude Debussy. DAPesquisa, Florianopolis, p. 516-536, 2011.

GUNNING, Tom. Non-Continuity, Continuity, Discontinuity: A Theory of Genres in Early Films. In: ELSAESSER, Thomas; BARKER, Adam (Ed.). Early cinema: Space, Frame, Narrative. London: British Film Institute, 1990. p. 86-94.

LEYDON, Rebecca. Debussy late Style and the Devices of the Early Silent Cinema. Music Theory Spectrum, v. 23, n. 2, p. 217-241, 2001.

PAULIN, Scott D. “Cinematic” Music: Analogies, Fallacies, and the Case of Debussy. Music and the Moving Image. University of Illinois Press, v. 3, n. 1, p. 1-21, Spring 2010.

SALT, Barry. Film Form 1900-1906 In: ELSAESSER, Thomas; BARKER, Adam (Ed.). Early cinema: Space, Frame, Narrative. London: British Film Institute, 1990. p. 31-44.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



 
OPUS - Revista Eletrônica da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM)
ISSN 0103-7412 (versão impressa, 1989-2008), ISSN 1517-7017 (versão online, 2009- )