A rabeca de Vilemão Trindade em Mario de Andrade

Jorge Linemburg Jr, Luiz Henrique Fiaminghi

Resumo


Este estudo tem como objetivos detectar e especificar o material referente às rabecas inserido na obra de Mário de Andrade, através da pesquisa de fontes deste autor e de manuscritos localizados no Instituto de Estudos Brasileiros (IEB-USP), e posterior prática musical desses exemplos na rabeca. Os dados musicais obtidos nesta pesquisa se apresentam como ponto de partida para a exploração do universo popular de tradição oral referente às rabecas, ao mesmo tempo em que apontam para o desvelamento das rabecas em Mário de Andrade. Revelam que Andrade teve como informante um hábil rabequeiro, Vilemão da Trindade, o que nos abre hoje a possibilidade de entender esse material a partir de uma perspectiva êmica, na qual a rabeca assume potencialidade musical própria. A principal ferramenta de análise utilizada foi o conceito de Padrões Acústicos Mocionais. Esses exemplos colocam em evidência a importância do gesto musical para a análise de cunho fenomenológico, desvinculando-se do distanciamento e da racionalidade da notação na partitura. 


Palavras-chave


Rabecas; Mário de Andrade; Padrões Acústicos Mocionais.

Texto completo:

PDF

Referências


AGAWU, Kofi. Strutural Analysis or Cultural Analysis? Competing Perspectives on the ‘Standard Patern’ of West African Rhythm. Journal of the American Musicological Society , V ol. 59, n. 1, pp . 1-46, 2006.

AL VES, A. Arabesco: da música árabe e da música portuguesa. Lisboa: Cooperativa Editora e Livreira, CRL, 1989.

ANDRADE, M. Danças dramáticas do Brasil. São Paulo: Livraria Martins Editora, 1959. . O turista aprendiz. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1976.

_______. Os Cocos. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1984.

_______. Dicionário musical brasileiro. Belo Horizonte: Ed. Itatiaia, 1989.

BAILY, J. Movement Patterns in Playing the Herati dutar. In: BLACKING, John (Ed.). The Anthropology of the Body. London: Academic Press, 1977. p. 275.

________. Music and the Body. The World of Music, v. 37-2, p. 11, 1995.

_______. John Blacking and the ‘Human/Musical Instrument Interface’: Two Plucked Lutes from Afghanistan. In: REIL Y, S. A. (Ed.) The Musical Human: rethinking John Blacking’s ethnomusicology in the XXI century. London: Ashgate, pp. 107-123, 2006.

BLACKING, J. How Musical is Man? Seattle: The University of Washington Press, 1973.

BUTT, J. Playing with History: the Historical Approach to Musical Performance. Cambridge, UK: Cambridge University Press, 2002.

CON TIER, A. D . Mário de Andrade e a Utopia do Som Nacional. Trama Interdisciplinar, v. 2, p. 73, 2010.

DE PÁDU A, V . M. Mário de Andrade e a estética do Bumba-meu-Boi. T ese (Doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

FIAMINGHI, L. H.

___________. O violino violado: o entremear das vozes esquecidas das rabecas e de “outros violinos”. Per Musi, Belo Horizonte, n. 20, p. 16, 2009.

FIAMINGHI, L. H. ; PIED ADE, A. Rabeca Reborn: The Revival of the Brazilian Fiddle and the Historical Performance of Music. 2009. Disponível em: http://cim09.lam.jussieu.fr/ CIM09-fr/Actes_files/62A-Piedade-Fiammenghi.pdf. Acesso em: 1 abr. 2011

GRAMANI, D. O aprendizado e a prática da rabeca no fandango caiçara: estudo de caso com os rabequistas da família Pereira da comunidade do Ariri. Dissertação (Mestrado em Música). Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2009.

GRAMANI, J. E.; GRAMANI, D. (Org.) Rabeca, o som inesperado. Curitiba: edição independente, 2002.

GUERRA-PEIXE, C. Variações sobre o Baião. 1955. Disponível em: http://www. guerrapeixe.com/index2.html. Acesso em: 1 abr. 2012.

HARNONCOURT, N. O discurso dos sons: caminhos para uma nova compreensão musical. 2. ed. Rio de Janeiro: J. Zahar, 1990.

HOOD, M. The Challenge of “Bi-Musicality”. Ethnomusicology, v. 4, n. 1, p. 55, 1960.

LINEMBURG, Jorge; FIAMINGHI, Luiz Henrique. A rabeca oculta em Mário de Andrade. In: CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS- GRADUAÇÃO EM MÚSICA, 22. , 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2012. p. 290-298.

MARTINS, E. C. S; LIMA, A. J. Práticas de ensino da música de rabeca no Rio Grande do Norte. 2010. Disponível em: http://dc217.4shared.com/doc/zYEg27S4/preview.html. Acesso em: 1 abr. 2012.

MURPHY, J. The “rabeca” and its music, old and new, in Pernambuco, Brazil. Latin American Music Review, Austin, v. 18, n. 2, p. 148, 1997.

NÓBREGA, A.C.P. A Rabeca no Cavalo Marinho de Bayeux, Paraíba (um estudo de caso). João Pessoa: UFPB/Editora Universitária, 2000.

P A GE, C. V oices and Instruments of the Middle Ages. Berkeley , Los Angeles: University of California Press, 1986.

PINTO, T. O. Som e música. Questões de uma antropologia sonora. Rev. de Antropologia, São Paulo, v. 44, n. 1, p. 221, 2001.

SANDRONI, C. Feitiço decente: transformações do samba no Rio de Janeiro (1917- 1933). Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

SOLER, L. Origens árabes no folclore do sertão brasileiro. Florianópolis: Ed. UFSC, 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



 
OPUS - Revista Eletrônica da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música (ANPPOM)
ISSN 0103-7412 (versão impressa, 1989-2008), ISSN 1517-7017 (versão online, 2009- )