Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Criada em 1989, a Revista OPUS é uma publicação seriada quadrimestral, cujo objetivo é divulgar a pluralidade do conhecimento em música, considerados aspectos de cunho prático, teórico, histórico, político, cultural e/ou interdisciplinar — sempre encorajando o desenvolvimento de novas perspectivas metodológicas. Por constituir o periódico científico da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música (ANPPOM), tem como foco principal compor um panorama dos resultados mais representativos da pesquisa em música no Brasil.

Indexada pelo Répertoire International de Littérature Musicale (RILM) e classificada no estrato A1 do Qualis Periódicos, da CAPES (quadriênio 2013-2016), a Revista OPUS está aberta a colaborações do Brasil e do exterior. Atualmente, é veiculada em versão eletrônica (online).

 

Políticas de Seção

Artigos

O requisito principal para a publicação de artigo na Revista OPUS consiste na apresentação de um texto representativo do assunto que se propõe a desenvolver, no que se refere a: consistência, relevância e importância do tema abordado, considerados o contexto, o momento e a(s) subárea(s) do conhecimento em que se insere; definição e pertinência dos objetivos; fundamentação científica; clareza na apresentação, na adequação e na aplicação do processo metodológico; consistência, clareza e fluência no texto e nas considerações finais; bibliografia atualizada, contemplando sua identidade com o tema abordado.

Editores
  • Marcos Holler
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

O requisito principal para a publicação de resenha na Revista OPUS consiste na apresentação de uma visão crítica a respeito de publicação recente e/ou historicamente referencial para a pesquisa em música (correspondendo ao Review das revistas escritas em língua inglesa). As resenhas podem apresentar e analisar criticamente uma única obra ou podem constituir resenhas múltiplas, em que pontos de complementaridade ou divergência de duas a cinco obras são apresentados criticamente. Os aspectos a serem analisados para a avaliação do texto são: consistência, relevância e importância do tema abordado, considerados o contexto, o momento e a(s) subárea(s) do conhecimento em que se insere; apresentação crítica do(s) exemplar(es) resenhado(s); consistência, clareza e fluência no texto.

Editores
  • Marcos Holler
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

O requisito principal para a publicação de entrevista na Revista OPUS consiste na apresentação de considerações de personalidade de ascendência no tema que se propõe a desenvolver, com enfoque definido. Os aspectos a serem analisados para a avaliação do texto são: consistência, relevância e importância do tema abordado, considerados o contexto, o momento e a(s) subárea(s) do conhecimento em que se insere; definição e pertinência das questões levantadas pelo entrevistador; clareza na apresentação do texto introdutório à entrevista e do diálogo; consistência, clareza e fluência no texto.

 

Os textos submetidos precisam necessariamente ser originais (não publicados previamente em periódicos nacionais ou estrangeiros); trabalhos anteriormente apresentados oralmente em congressos são considerados originais; textos que constituam versões ampliadas de exemplares previamente publicados em anais de congressos deverão trazer esta informação na primeira página e caberá aos pareceristas ad hoc avaliar se o aprofundamento no assunto é suficiente para que possam ser considerados originais. O conteúdo de cada artigo, resenha ou entrevista é de inteira responsabilidade de seu autor. Os autor(es) que tiver(em) seu texto aprovado estarão cedendo os direitos autorais para publicação, em formato impresso e eletrônico, em regime de exclusividade e originalidade do texto, pelo período de 2 (dois) anos, contados a partir da data de publicação da Revista. Lembramos ser permitida a citação de parte dos artigos, desde que a fonte seja identificada.

Para os colaboradores brasileiros que submeterem artigos, resenhas ou entrevistas, é necessário serem sócios da ANPPOM e estarem em dia com a anuidade.

Editores
  • Marcos Holler
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

Editores
  • Marcos Holler
Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Atualidade

Editores
  • Marcos Holler
Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação dos trabalhos prevê uma verificação preliminar pelo Conselho Editorial, que pondera a respeito de sua adequação à linha editorial da Revista OPUS. Em seguida, cada artigo, resenha ou entrevista é avaliado por pareceristas ad hoc, através do processo de avaliação cega por pares (double blind review), que preserva a identidade de colaboradores e consultores. Em caso de empate, é solicitada nova avaliação cega, por um terceiro parecerista. Com o intuito de garantir maior adequação da revista OPUS a um padrão qualitativo internacional, quando pertinente e sempre que possível, solicitamos que as avaliações por pares sejam realizadas por um especialista brasileiro ou estrangeiro sediado em universidade brasileira, e por um brasileiro ou estrangeiro sediado em universidade estrangeira.

 

Periodicidade

Publicação eletrônica (online), seriada e quadrimestral.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.  Os usuários podem ler, fazer download, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou referenciar o texto integral dos artigos, sem solicitar autorização prévia dos editores ou autores. Essa política está de acordo com a definição de acesso aberto BOAI “Budapest Open Access Initiative”.

A Opus está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional

 

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Declaração de ética e de boas práticas de publicação

Todos os envolvidos no processo de publicação da Opus devem seguir as normas listadas abaixo, baseadas no Code of Conduct and Best Practice Guidelines for Journal Editors of the Committee on Publication Ethics – COPE (disponíveis em http://publicationethics.org/). 

Pesquisas envolvendo seres humanos devem estar em acordo com as normas de ética em pesquisa vigentes. Recomenda-se incluir no artigo o número do CAAE.

 

As responsabilidades do corpo editorial são:

- Contribuir para o desenvolvimento e boa gestão da revista;

- Atuar como divulgadores da revista;

- Auxiliar o editor nas decisões sobre a revista.

 

As responsabilidades do editor são:

- Decidir sobre a publicação dos manuscritos submetidos, com base nas políticas da revista;

- Assegurar que todos os processos de avaliação e publicação respeitem os requisitos legais em matéria de difamação, violação de direitos de autor e plágio;

- Informar os autores e pareceristas sobre os processos de revisão pelos pares;

- Avaliar os manuscritos exclusivamente com base no seu mérito acadêmico e intelectual, independentemente da nacionalidade dos autores, ou de sua etnia, convicção política, sexo, orientação sexual, idade, religião ou classe social;

- Assegurar uma avaliação justa e imparcial dos resultados por parte dos pares;

- Assegurar a seleção de pareceristas adequados;

- Assegurar que as identidades dos pareceristas sejam protegidas;

- Enviar os comentários dos autores aos autores na íntegra, a menos que contenham comentários ofensivos ou difamatórios;

- Acompanhar o desempenho dos pareceristas e tomar medidas para garantir que este seja de alto padrão;

- Identificar novos pareceristas potenciais e deixar de convidar pareceristas que produzam consistentemente revisões descorteses, de má qualidade ou com atraso;

- Garantir que a base de dados de pareceristas reflita a comunidade e adicionar novos nomes sempre que necessário;

- Publicar correções, esclarecimentos, retratações e desculpas sempre que necessário;

- Tomar medidas em caso de suspeita de má conduta relativa a um manuscrito submetido ou publicado. Nestes casos, seguimos os fluxogramas da COPE, disponíveis em  

http://publicationethics.org/files/Full%20set%20of%20flowcharts.pdf;

- Consultar os membros do conselho editorial periodicamente para pedir suas opiniões sobre o funcionamento da revista e informá-los de quaisquer mudanças nas políticas de revistas e identificar desafios futuros.

 

As responsabilidades dos autores são:

- Assumir completa responsabilidade sobre o conteúdo do artigo;

- Participar dos processos de avaliação

- Assegurar que todos os coautores listados tenham participado da pesquisa de forma significativa, e de que há consenso entre todos os coautores na aprovação da versão final e em sua submissão;

- Assegurar que o manuscrito não tenha sido submetido a mais de uma publicação ao mesmo tempo, e que o manuscrito não tenha sido publicado em outro periódico;

- Assegurar que obras ou trechos de obras de outros autores, contribuidores e fontes tenham sido creditados e referenciados de forma apropriada;

- Notificar o editor se for detectado qualquer erro ou imprecisão no trabalho publicado, e nesses casos cooperar para providenciar retratação ou correção;

- Os autores devem estar cientes de que o plágio de qualquer forma constitui um comportamento antiético inaceitável.

 

As responsabilidades dos avaliadores são:

- Auxiliar o editor a tomar decisões editoriais;

- Auxiliar o autor na melhoria do manuscrito;

- Notificar o editor caso não se sintam qualificados para revisar o manuscrito, ou se eles têm alguma informação sobre a identidade do autor;

- Manter a confidencialidade de quaisquer informações ou ideias obtidas através de revisão por pares;

- Informar o editor se tiver conhecimento de violação de direitos autorais e/ou plágio por parte do autor;

- Avaliar manuscritos baseados em conteúdo sem considerar a nacionalidade dos autores, ou sua etnia, crenças políticas, sexo, orientação sexual, idade, religião ou classe social;

- Recusar-se a fazer a avaliação se tiverem conflitos de interesses resultantes de relações competitivas, colaborativas ou outras, ou conexões com qualquer dos autores ou instituições ligadas aos artigos.

 

Plágio

A Opus usa o software Similarity Check, da Crossref, para detecção de plágio nos textos submetidos à revista. Caso o plágio seja detectado, o texto será devolvido ao autor e o processo somente continuará após o problema ser resolvido. No caso de reincidência, o texto será retirado do processo de avaliação.

 

Taxas

A revista Opus não cobra taxas para a submissão ou publicação dos textos, tampouco pelos processos de avaliação, revisão ou download.

 

Licença e Copyright

A Opus está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional. Os textos podem ser copiados, adaptados e redistribuídos em qualquer meio ou formato, desde que para uso não comercial e que os créditos sejam dados de forma apropriada.

 

Indexadores

- RILM - Répertoire International de Littérature Musicale (RILM)

- Latindex - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

- Web of Science

 

 

Percentual de Rejeição

Estatísticas
2016
Total de textos submetidos: 62
Total de textos publicados: 37
Porcentagem de rejeição: 40.32%
Total de acessos aos resumos*: 3614
Total de acessos às composições finais*: 3031

* Em 20/07/2017.